Festa da final da Taça de Portugal ao ar livre num ecrã gigante em Celorico da Beira

“A festa de um evento como a final da Taça de Portugal é para ser vivida em pleno. É uma oportunidade para combinar reuniões com família, amigos e viver as emoções em conjunto com outros adeptos”. Esta é a forma como o empresário Paulo Caetano entende que deve ser seguida a partida que amanhã, pelas 17h15, coloca frente a frente o Sporting e o FC Porto no estádio do Jamor, no jogo que decide o vencedor do último troféu da época. Por isso, está a transformar o parque que rodeia o seu estabelecimento comercial, o snack bar 2000, num palco ao ar livre, com capacidade para acolher várias centenas de pessoas, equipado com um ecrã gigante Outdoor de última geração. Uma “festa” que contará com as tradicionais sandes de porco no espeto, bebida e música ao vivo.

“Esta é a melhor forma de viver as emoções do evento para todos aqueles que não se podem deslocar ao estádio e querem assistir à partida de futebol numa grande plateia”, explica, António Sá, responsável da empresa que vai montar este “palco” para a festa da final da Taça, assegurando que se trata de tecnologia LED de ponta que permite ver o espectáculo, ao ar livre, com uma enorme definição. “Estamos a falar da melhor tecnologia em termos de ecrãs Outdoor, o que permite dar o máximo realismo ao evento”, frisa, garantindo que a sua empresa também vai instalar um ecrã similar em Lisboa, de forma a permitir que várias centenas de pessoas, também ali, possam seguir o espectáculo em espaço aberto.

Esta é a segunda vez que Paulo Caetano aposta na promoção de eventos desportivos no seu estabelecimento. No último fim-de-semana, conseguiu reunir algumas centenas de pessoas que seguiram em simultâneo os jogos que decidiram o título, um deles visionado num ecrã gigante de interior de qualidade inferior ao que contratou agora para o confronto que irá decidir quem vence a prova rainha do futebol nacional. “Todos os adeptos do futebol estão convidados para viver este espectáculo ao ar livre. Espero que seja uma festa, com muita gente, porque esta é a melhor forma de assistir ao jogo para quem não se pode deslocar ao estádio”, conclui o empresário.