Carlos Peixoto acusa Governo de António Costa de levar médico a abandonar Centro de Saúde de Seia

O deputado do PSD, Carlos Peixoto, lamentou hoje que o Centro de Saúde de Seia tenha perdido mais um médico devido à inactividade do actual Governo socialista. O deputado social-democrata, candidato às próximas legislativas pelo círculo eleitoral da Guarda, esclarece ainda, na sua página do Facebook, que o clínico abandonou funções porque ninguém “lhe quis pagar o incentivo da interioridade” criado pelo Governo PSD-CDS para atrair e fixar profissionais de saúde” nas regiões do interior.

“O Centro de Saúde de Seia, já por si carenciado de recursos humanos, acabou de perder mais um médico porque ninguém lhe quis pagar o incentivo da interioridade criado pelo anterior Governo para atrair e fixar profissionais de saúde nas nossas regiões. Mais um drama a que o Dr. Costa não presta atenção, fazendo crer que a coesão territorial não está nas suas prioridades. Não é disto que precisamos”, refere ainda o deputado eleito pelo círculo eleitoral da Guarda, salientando que há ainda a possibilidade daquela instituição perder outros médicos.