Selecção nacional despediu-se de Celorico da Beira e do Torneio de Desenvolvimento da UEFA com vitória frente à Suécia

A selecção nacional de futebol sub-16 venceu o último jogo do Torneio de Desenvolvimento da UEFA frente à Suécia, numa partida disputada em Celorico da Beira. A vitória (4-1) aconteceu apenas através da marcação de grandes penalidades, depois de uma igualdade a um golo registada no final do tempo regulamentar.

Num estádio com uma bancada com muito público e, em particular, muitos jovens do Agrupamento de Escolas de Celorico da Beira, Portugal adiantou-se no marcador logo nos primeiros minutos (5’) graças a um remate do futebolista do Palmeiras, de Braga, André Ferreira. A selecção nacional contou ainda com outras oportunidades para aumentar a vantagem, mas nunca conseguiu ser claramente superior aos jovens suecos.

Na segunda parte, e com muitas substituições pelo meio, a Suécia acabou por chegar ao empate já em período de compensações com um golo de Isak Bjerkebo. Com este resultado, e como o regulamento prevê a necessidade de se encontrar um vencedor, tudo acabou por se definir nas grandes penalidades, Portugal chegou à vitória ao converter três, enquanto a formação nórdica desperdiçou os três primeiros remates à baliza defendida pelo jogador do FC Porto Ivan Cardoso.

A equipa comandada por José Guilherme terminou a competição com duas vitórias e uma derrota. Além desta vitória frente à Suécia, a selecção nacional perdeu o primeiro encontro frente à Bélgica por 2-1 e venceu a segunda partida por 2-0, frente à sua congénere do Paraguai. 


Equipas:

Portugal: Ivan Cardoso, André Ferreira (João Sérgio, 40′), Rafael Afonso (António Silva, 40′), Guilherme Montóia (Leandro Dias, 40′), João Tomé, João Resende (David Melo, 54′), Marco Torres, Diogo Abreu – Cap. (David Melo, 54′), Gustavo Mendonça (Tiago Antunes, 40′), Rodrigo Gomes (Joelson Fernandes, 54′) e Martim Neto (Vasco Sousa, 54′). 
Suplentes não utilizados: Ricardo Ribeiro. 
Treinador: José Guilherme
Golos: André Ferreira (5′).
Suécia: Samuel Andersen (Melker Ellborg, 40′), Robin Glavak (Ludvig Nicklasson, 40′), Elias Olsson (Johan Norgren, 40′), Nils Wallenberg – Cap., Markus Bjorqkvist (Samuel Dahl, 40′), Ludvig Navik (Yasin Abbas Ayari, 61′), Edwin Andersson (Isak Bjerkebo, 61′), Holger Olsson (Linus Mattson, 73′), Jesper Tolinsson, Casper Nilsson e Oscar Wilhelmsson (Kristoffer Krebs, 73′).
Treinador: Roger Franzén
Golos: Isak Bjerkebo (80+3′).